A Abolição Brasil 500 Anos


  • Palestra
  • Responda as Questões
  • Registro de Alunos [21]
A abolição Brasil 500 anos o Brasil império na TV.






Em que ano foi criado a Lei Eusébio de Queiroz?


1850.
1845.
1852.
1851.


Qual o país que faz pressão para o fim da escravidão no Brasil?


Argentina.
Chile.
Inglaterra.
China.


Em quê consistia Lei dos Sexagenários?









Declaro que EU assisti ao vídeo: A Abolição Brasil 500 Anos e respondi as questões solicitadas.
  • Data Inicial : 12/9/2016 9:39:00 UTC 2016
  • Ip do Computador : 54.158.92.239




  • Logs de acesso, com hora precisa de início e fim.
  • Movimentações no site
  • Todas tentativas de envio das questões para pontuar e receber o certificado.
  • IP, Tempo ativo etc...



FELIPE DE OLIVEIRA GOUVEIA - nota (10) Nota que FELIPE DE OLIVEIRA GOUVEIA obteve na avaliação do estudo. - resume:
A abolição da escravatura no brasil se deu em 1832, através da Lei Áurea que foi assinada pela Princesa Isabel. Posterior a isso os escravos eram retirados de seus países de origem por portugueses e encaminhados a navios negreiros, que por sua vez ancoravam no Brasil. Na maioria das vezes, os escravos faleciam no percurso, devido as condições precárias de subsistência humana a que eram submetido. Apos grande pressão Inglesa, se deu o fim da escravatura no país.

Maria José da Conceição Santos - nota (10) Nota que Maria José da Conceição Santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
Muitas lutas foram criadas em pro da libertações dos escravos com vitórias, mas na verdade a liberdade que os escravos tanto almejava só foi uma forma de tirar o Brasil da condição de escravista. Os escravos foram libertados, mas ficaram a merce da própria sorte, sem ter trabalho, moradia e educação.Na verdade parte das leis só existiram e existem no papel. Portanto, mesmo com a criação da lei que libertava os escravos, o Brasil continuo um país escravista.

camila dos santos - nota (10) Nota que camila dos santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
Por três séculos o brasil tratou pessoas como mercadoria, milhares de escravos morriam antes de cruzar o oceano atlântico. o parlamente inglês criou uma lei que permitia interceptar navios com escravos. Em 1850 foi aprovado a lei Eusébio de Queiroz que proibia o trafico de escravos, mais isso não foi o fim, a violência física e psicológica era usada como castigo para ameaçar os escravos, avia uma lei que proibia o uso da força , mas isso era esquecido nas fazendas, com o passar dos tempos ouve uma grande pressão dentro e fora do brasil dando inicio ao movimento abolicionista. Em 1880 a sociedade se reuniu contra a escravidão, era o movimento abolicionista nas ruas. O ceara foi a primeira província a libertar os escravos, servindo de incentivo para outras regiões e o movimento abolicionista, a abolição só aconteceria tempos depois quando a princesa Isabel assinou a lei Aurea abolindo a escravatura no Brasil.

Lincoln de Carvalho Silva - nota (10) Nota que Lincoln de Carvalho Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
A abolição, no Brasil, foi um processo lento, gradual e que aconteceu devido às pressões internacionais, da sociedade e dos grupos abolicionistas, inspirados nos ideais humanistas difundidos ainda na Revolução Francesa.

onã victor da silva gurgel - nota (10) Nota que onã victor da silva gurgel obteve na avaliação do estudo. - resume:
Com o curso pude entender mais sobre os principais eventos que estimularam o escravismo no brasil, os decorrentes processos que impulsionaram a liberdade dos africanos e a influencia que outros países tiveram.

João Vinícius Santana Avelar dos Santos - nota (10) Nota que João Vinícius Santana Avelar dos Santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
A Abolição não ocorreu por conta dos heróis da sociedade, pelo contrário! Tem-se uma grande massa da população menos favorecida em um grande embate de "rebelamentos" holísticos, o que acontece é que pouco se prioriza a "vida privada" no contexto da hermenêutica social, pouco dá-se ênfase no papel dos concidadãos na questão de criarem História, ou seja, de conscientizar à todos que somos capazes de criar nossa História, no entanto não apenas analisar o "status-quo", como também o contexto daquele tempo, e como diz Bloch 2002 , deve-se incorporar o "espírito do historiador", daquele contexto, somente para, posteriori, compreender a História, como ciência.



Ivania Bresolin Vendramin - nota (10) Nota que Ivania Bresolin Vendramin obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O estudo da História do Brasil é fascinante quanto mais ouço e leio sobre o assunto mas me encanto pela disciplina, pois a partir daí entendemos melhor a situação do Brasil hoje.

maria aparecida da silva braga - nota (10) Nota que maria aparecida da silva braga obteve na avaliação do estudo. - comenta:
tudo na vida precisa de esforço se não fosse assim o hoje continuariamos sendo escravos foi preciso aver sacrificio e muita luta

luana porto pinheiro - nota (10) Nota que luana porto pinheiro obteve na avaliação do estudo. - comenta:
o vídeo e bacana pois conta a historia do tempo da escravidão e o mais legal e pelo maneira que e contado desperta ate mesmo o interesse das crianças por causa do fantoches

aline cristina côco dos santos - nota (10) Nota que aline cristina côco dos santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O vídeo é muito bom, pois cada vez mais podemos aprender mais sobre a história do brasil, de como aquelas pessoas sofreram tanto. E que algumas leis que foram criadas na época não eram tão boas pois algumas ficavam dificieis para se cumprir como a dos sexagenários, pois um escravo com 60 anos já estava muito debilitado e teria que acabar por ficar na fazenda onde trabalhava mesmo, a lei garantia que ele não precisava mais trabalahar porem como não tinha outro local para ir.

francelso de oliveira gomes - nota (10) Nota que francelso de oliveira gomes obteve na avaliação do estudo. - comenta:
A total falta de moral e respeito pelo ser humano, desrrespeito a diferença.

FELIPE DE OLIVEIRA GOUVEIA - nota (10) Nota que FELIPE DE OLIVEIRA GOUVEIA obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O conteúdo explicitado pelo vídeo é de muita valia para a ampliação, e o crescimento do embasamento teórico da história do Brasil.

Douglas Giovani Espindola Teixeira - nota (10) Nota que Douglas Giovani Espindola Teixeira obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Não há como negar que a Abolição trouxe consigo um grande sentimento de contentamento e vitória para os ex- escravos. Mas, infelizmente, após conseguirem sua liberdade a vida livre não foi a esperada. Como sabemos, não tiveram apoio do governo para um recomeço com trabalho e assistência para sua sobrevivência - tanto que, muitos continuaram trabalhando nos engenhos sem serem escravizados para conseguirem comida e um lugar para viverem. Indubitavelmente, mesmo com a situação citada acima, a Abolição foi sim uma grande conquista, a qual merece ser extremamente valorizada, pois trouxe consigo o fim de castigos desumanos, torturas horríveis e modo de vida demasiadamente precário. Além de tudo, a libertação dos negros foi um processo difícil, digno de heróis, os quais nunca desistiram, muito pelo contrário, mostraram que a perseverança pode ser um caminho lento, mas a recompensa final é exemplar e digna de celebração e orgulho.

camila dos santos - nota (10) Nota que camila dos santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
É muito importante termos o conhecimento de como se deu a abolição no Brasil, pois isto faz parte de nossa história, de nossa vida, e como brasileiros precisamos conhecer melhor nosso pais, e este conteúdo proporcionou um valioso conhecimento.

Lincoln de Carvalho Silva - nota (10) Nota que Lincoln de Carvalho Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Não creio que a Abolição tenha sido o principal fator para a queda da Monarquia, mas deu uma acelerada, pois o Império perdeu o apoio dos antigos senhores de escravos. Sem indenização por perder suas "propriedades", esses fazendeiros tornaram-se republicanos de ocasião, não por ideal. Outro tema polêmico foi o tal baile da Ilha Fiscal. Tal evento foi promovido pelo chefe de governo, o Visconde do Ouro Preto, em homenagem aos oficiais de um navio chileno, o Almirante Cochrane. A monarquia não caiu por causa de um baile... O Brasil precisa de historiadores mais imparciais e compromissados com a verdade.

onã victor da silva gurgel - nota (10) Nota que onã victor da silva gurgel obteve na avaliação do estudo. - comenta:
aprendi muito com esse curso que mostra de forma bem clara todo o processo que ocorreu em nossa nação para combater práticas tão desumanas quanto o escravismo.

Paulo Leonardo Moreira de Azevedo - nota (10) Nota que Paulo Leonardo Moreira de Azevedo obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Excelente vídeo aula, gosto muito desses bonecos pois eles me ajudam a fixar mais a historia em minha mente, as representações são muito boas.

Jéssica Rodriguês da Silva - nota (10) Nota que Jéssica Rodriguês da Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Gostei muito do curso, pois é um curso interessante e bem esclarecedor e é muito importante que saibamos da história do nosso país.

Maria Betileide Felix do Amaral - nota (10) Nota que Maria Betileide Felix do Amaral obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Adorei o estudo, já estive na praça Quinze de Novembro e não sabia que lá era o passo imperial da monarquia. Esse vídeo é muito bom, a explicação é excelente.

Adriely dos Anjos Lucas - nota (10) Nota que Adriely dos Anjos Lucas obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Excelente conteúdo, sendo importante ressaltar que é abordado de maneira muito bem contextualizada.

João Vinícius Santana Avelar dos Santos - nota (10) Nota que João Vinícius Santana Avelar dos Santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Interessantíssimo estudar a abolição, e percebermos que ainda há o preconceito não institucionalizado, no entanto, que já houve, sim!

Processing your request, Please wait....