Educação Inclusiva e Outros Direitos das Pessoas com Deficiência


  • Palestra
  • Responda as Questões
  • Registro de Alunos [55]
Dra. Eugênia Gonzaga fala sobre os direitos da criança com necessidades especiais a educação e ao ensino regular.






Entende-se por deficiência física:


Característica da pessoa.
Limitação física ou intelectual.
Defeito que impede o indivíduo de aprender conhecimentos básicos.
Uma doença.


Os sistemas de ensino assegurarão aos educandos com necessidades especiais:


Professores com especialização adequada em nível médio ou superior, para atendimento especializado, bem como professores do ensino regular capacitados para a integração desses educandos nas classes comuns.
Currículos, métodos, técnicas, recursos educativos e organização específicos, para atender às suas necessidades.
Acesso igualitário aos benefícios dos programas sociais suplementares disponíveis para o respectivo nível do ensino regular.
Acesso diferenciado aos benefícios dos programas sociais suplementares disponíveis para o respectivo nível do ensino regular.


Como se define Lei De Diretrizes e Bases da Educação.?


Tratamento especial ao aluno com deficiência.
Educação de excepcionais, a fim de integra-los na sociedade.
Desigualdade social, por que a educação não é um direito de todos.
Integrar o deficiente ao ensino regular e particular.



Declaro que EU assisti ao vídeo: Educação Inclusiva e Outros Direitos das Pessoas com Deficiência e respondi as questões solicitadas.
  • Data Inicial : 12/9/2016 7:48:23 UTC 2016
  • Ip do Computador : 54.205.176.107




  • Logs de acesso, com hora precisa de início e fim.
  • Movimentações no site
  • Todas tentativas de envio das questões para pontuar e receber o certificado.
  • IP, Tempo ativo etc...



Lindalva dos Santos Gomes - nota (7.5) Nota que Lindalva dos Santos Gomes obteve na avaliação do estudo. - resume:
As dificuldades de aprendizagem nas crianças podem estar relacionadas tanto ao ambiente escolar como também o familiar, como doenças ou transtornos. Muitos problemas vêm de uma proposta pedagógica inadequada, a falta de capacitação dos professores que acham melhor taxarem as crianças como tendo dificuldades de percurso. As escolas deixam de ser um ambiente seguro, não respeitando a faixa etária e não dando o devido tempo para que a criança aprenda e com isto, aos poucos, o aluno vai perdendo a motivação e a dedicação.

mirian albino - nota (8.5) Nota que mirian albino obteve na avaliação do estudo. - resume:
O curso em si fala sobre os direitos da criança com necessidades especiais , a educação e ao ensino regular. A dificuldade em implementar uma educação de qualidade para os educandos especiais e sua inclusão nas atividades educacionais. Entende-se por deficiência uma característica da pessoa,e não que seja uma doença, mas sim uma limitação física ou intelectual, que cada indivíduo, e que a escola identifica inteligencia, mas não é por isso que ele não pode desenvolver capacidades de aprendizado. São pessoas que transmitem e captam rapidamente os olhares e pensamentos de outros, e conhecem bem o que é ser discriminados. O sistema poderiam assegurar aos educandos com necessidades especiais, currículo, métodos, recursos educativos, organizações específicos para atenderas suas necessidades. Poderiam também ter acesso igualitário aos benefícios dos programas sociais suplementares disponíveis para o respctivo nível do ensino regular, professores com especialização adequada em nível médio e superior, para atendimento especializado, bem como do ensino regular capacitados para a inclusão desses educandos nas classes comuns.

Jocilene Menezes dos santos - nota (7.5) Nota que Jocilene Menezes dos santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
uma educação eficaz que garanta bons resultados é aquela que uni a educação regular com a inclusiva.é um direito que está na constituição e devemos garantir,os pais são quem podem decidir a qual seu filho se adapta e que se sente confortável.são direitos assegurados e que devem ser cumpridos.

Katiane Cherlin Silva - nota (8.5) Nota que Katiane Cherlin Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
As dificuldades de aprendizagem nas crianças podem estar relacionadas tanto ao ambiente escolar como também o familiar, como doenças ou transtornos. Muitos problemas vêm de uma proposta pedagógica inadequada, a falta de capacitação dos professores que acham melhor taxarem as crianças como tendo dificuldades de percurso. As escolas deixam de ser um ambiente seguro, não respeitando a faixa etária e não dando o devido tempo para que a criança aprenda e com isto, aos poucos, o aluno vai perdendo a motivação e a dedicação.

EDNEI FRANCISCO DE OLIVEIRA - nota (7.5) Nota que EDNEI FRANCISCO DE OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - resume:
A inclusão não é apenas um processo de didatização do processo de ensino e aprendizagem, é uma reestruturação do professor, da escola e da população em geral.

RICARDO DA CUNHA OLIVEIRA - nota (10) Nota que RICARDO DA CUNHA OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - resume:
Somente com a junção de todas as esferas de governo, bem como sociedade civil, no que tange a debates, reuniões, mesas redondas e Poder Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando em conjunto, é que chegaremos a decisões, ações e implementar-se-ão políticas públicas no intuito da melhora efetiva da implantação de melhorias e melhores condições de assistir os inclusos.

Jaqueline de Oliveira Estevam - nota (10) Nota que Jaqueline de Oliveira Estevam obteve na avaliação do estudo. - resume:
Pensando na escola pública considero que o processo de inclusão no Brasil ainda está em fase inicial. Existe muito preconceito e muita discriminação, tanto dos alunos como dos professores em relação às crianças com necessidades especiais. A inclusão escolar deve promover a integração entre os alunos, o aluno com necessidades especiais tem de se sentir integrado ao contexto escolar e não excluído. Para que o processo de inclusão escolar seja efetivo no Brasil é preciso que os professores sejam devidamente incluídos também, pois não é fácil trabalhar com uma criança com necessidades especiais sem ter conhecimento pelo menos básico sobre a necessidade da criança, que é o que mais ocorre hoje na rede pública de ensino. O poder público precisa entender antes de mais nada que "incluir" não é simplesmente disponibilizar a vaga, a inclusão vai muito além disso, e está muito aquém de atender às demandas implicadas no referido processo. Quanto às adaptações curriculares acredito tratar-se de medidas necessárias para promover a democratização no ambiente escolar. Nesse contexto, objetivam promover maior eficácia educativa, na perspectiva da escola para todos. Outro ponto importante, é que a falta de motivação por parte dos alunos pode ocorrer por causa da não satisfação de necessidades que antecedem a necessidade de conhecimento, como falta de alimentação, de descanso, de afeto, por diversos problemas que os alunos vivem em seu núcleo familiar. Contudo, o dinamismo do professor e seu bom relacionamento com o aluno podem minimizar o problema e fazer com que o aluno se sinta bem na escola e comece a ter interesse pela aprendizagem. O professor deve se tornar um agente de mudanças sociais e motivar seus alunos na aventura do conhecimento.

Fabíola Silvano Maraschin - nota (8.5) Nota que Fabíola Silvano Maraschin obteve na avaliação do estudo. - resume:
A palestra apresentada por Eugênia fala da frustração dos pais quando tem que procurar uma e escola inclusiva para seus filhos. Fala sobre interditar seus filhos deficientes para o próprio bem deles, sobre o plano de saúde que não cobre a pessoa com deficiência e etc. Enfim, fala de todos os direitos de um pessoa com deficiência.

Maria José da Conceição Santos - nota (10) Nota que Maria José da Conceição Santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
Educação Inclusiva é um tema que gera muitas discursoes e polemicas. São muitas as leis que foram criadas para garantir o direito de quem precisa, mas na prática a realidade é outra.

MARIA ELIZANE RIBEIRO DA SILVA - nota (8.5) Nota que MARIA ELIZANE RIBEIRO DA SILVA obteve na avaliação do estudo. - resume:
Deixar uma criança com deficiência em casa sem escola, sem direito a educação é uma forma de abandono intelectual, previsto no código penal desde a década de 1940, é crime recusar criança, tá na lei, essa fala da palestrante do curso é muito interessante e trata de buscar assegurar o direito de todos. Na verdade quem tem que se adaptar são as escolas e profissionais da educação para receber essas crianças e jovens.

Jussiara Barbosa da Silva - nota (10) Nota que Jussiara Barbosa da Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
Palestra muito esclarecedora sobre a inclusão de pessoas com deficiência em escola regular, além de diferenciar muito bem a inclusão da integração.

Ana Paula Barbosa Watanabe - nota (8.5) Nota que Ana Paula Barbosa Watanabe obteve na avaliação do estudo. - resume:
O vídeo sobre educação inclusiva fez com que repensemos as práticas pedagógicas, pois devemos nos conscientizar sobre os educandos que temos e quais os limites que cada um tem, devemos também respeitarmos as dificuldades de cada um.

JOANA D'ARC DUTRA DE OLIVEIRA - nota (8.5) Nota que JOANA D'ARC DUTRA DE OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - resume:
A ESCOLA DEVE DISPOR DE RECURSOS PARA RECEBER UM ALUNO COM DEFICIÊNCIA FÍSICA.

ALINE FERREIRA DE OLIVEIRA - nota (7.5) Nota que ALINE FERREIRA DE OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - resume:
Todas as crianças com deficiencia tem direito aos direitos humanos direitos a cidadania direito a inclusao na educação. E dever e obrigação do Estado preparar as escolas comuns para receber crianças especias.

Marlene silva cruz coutinho - nota (7.5) Nota que Marlene silva cruz coutinho obteve na avaliação do estudo. - resume:
graças a deus esta lei esta aos poucos se efetivando pois a muito tempo os deficientes tem sido excluidos da sociedade sendo de várias formas ainda não se concretizou totalmente mas a ideiia foi plantada e e podemos perceber que aos poucos esta crescendo.

Jéssica Rodriguês da Silva - nota (10) Nota que Jéssica Rodriguês da Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
Na educação inclusiva as pessoas com e sem deficiência vivem em um mesmo ambiente em que esse ambiente deve se adaptar as especificidades do aluno com alguma deficiência e deve se respeitar os diferentes ritmos de aprendizagem de cada aluno, pois segundo Jean Piaget cada pessoa aprende no seu próprio ritmo. È um erro as pessoas pensarem que a deficiência é uma doença, pois ela não é uma doença e sim uma limitação imposta a alguma área especifica.

Luciana Diniz Sepini Junqueira - nota (7.5) Nota que Luciana Diniz Sepini Junqueira obteve na avaliação do estudo. - resume:
A Educação seja ela formal ou informal é de grande importância para o indivíduo, pois é por meio dela que adquirimos conhecimentos; que aprendemos o conteúdo para a nossa formação de caráter e de como devemos aplicar em nossa vida. A verdade para mim é que a inclusão está dentro de nós, nas nossas atitudes de conscientizar que somos todos diferentes, independendo de deficiência. É possível efetivar a Educação Inclusiva sim, pois temos que conscientizar antes de tudo que somos diferentes e isso que nos faz ser seres humanos.

Marly Melo Araújo Raulino - nota (6.5) Nota que Marly Melo Araújo Raulino obteve na avaliação do estudo. - resume:
A inclusão é um direito e ele deve está além da acessibilidade e da locomoção. É preciso voltar um olhar atento as diferenças e a singularidade de cada um.

Alessandra Bariviera Buyno Genero - nota (7.5) Nota que Alessandra Bariviera Buyno Genero obteve na avaliação do estudo. - resume:
Todos as pessoas tem direitos de conviver com o outro, estar inseridas na escola, e viver em sociedade, a legislação garante que haja respeito à diversidade, a pessoa com deficiência. Todos podem aprender dentro de suas possibilidades e ninguém pode negar acesso a nenhum tipo de indivíduo!

Simoneide Bandeira da Silva - nota (7.5) Nota que Simoneide Bandeira da Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
A Educação Inclusiva é uma orientação dominante na maioria dos países que subscreveram a Declaração de Salamanca em 1994. Ao se definir a Educação Inclusiva EI como "para todos e para cada um", procura-se desenvolver e construir modelos educativos que rejeitem a exclusão e promovam uma aprendizagem livre de barreiras. A lei assegura que os todos os educandos que necessitem de educação especializada tenha direito a ela preferencialmente nas redes regulares de ensino. Quando não forem cumpridos os direitos de acessibilidade, o que a pessoa portadora de deficiência ou os familiares podem fazer é, deverá procurar um advogado, a OAB e, ainda, representar junto ao Ministério Público Estadual ou Ministério Público Federal. há vários direitos garantidos para esse público e eles se não estiverem sendo beneficiados deverão procurar usufruir.

Indianara Veloso Siqueira Macedo - nota (10) Nota que Indianara Veloso Siqueira Macedo obteve na avaliação do estudo. - resume:
Bom entendi que pessoas com deficiências físicas vem cada vez mais sendo incluso em projetos e que cada dia mais melhora a qualidade de ensino pra favorecer eles

Andresia da Silva Santos - nota (10) Nota que Andresia da Silva Santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
Educação inclusiva e outros direitos da pessoa com deficiência, A escola regular e a escola especial , a décadas atras a criança com deficiência só podia frequentar a escola especial, mas com ao passar do tempo as as coisas foram mudando e as pessoas com deficiência foram conquistando seu espaço, e hoje conseguindo uma educação mais de qualidade, podendo até ter os mesmo direito de ir a escola regular, melhorou sim, mais ainda há muito que que melhorar.



Maria Marcelina Machado - nota (8.5) Nota que Maria Marcelina Machado obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Aprendi muito, e considero que todos os professores como eu, que sou de escola pública,deveriam estudar mais sobre este assunto, assim como todas as deficiências, para que nos tornemos mais preparados e seguros tendo assim nossas escolas realmente 100% capazes de dar assistência de maior qualidade possível. obrigada.

Jocilene Menezes dos santos - nota (7.5) Nota que Jocilene Menezes dos santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
todo cidadão tem direito a educação,e está respaldado na constituição tem esse alguma deficiência ou não devemos sempre lutar pelos nossos direitos.

Lindalva dos Santos Gomes - nota (7.5) Nota que Lindalva dos Santos Gomes obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O aprender com alegria dá mais significado ao processo de ensino e aprendizagem, fazem da brincadeira um meio de comunicação, onde as crianças desenvolvem sua capacidade de criar, aprender, aspectos físicos, sócio-emocionais e intelectuais.

Katiane Cherlin Silva - nota (8.5) Nota que Katiane Cherlin Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Todo cidadão tem o direito de estudar

EDNEI FRANCISCO DE OLIVEIRA - nota (7.5) Nota que EDNEI FRANCISCO DE OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Percebe-se que o ser humano ainda com um certo receio em relação à educação inclusiva, está procurando se adaptar as diferenças que a humanidade tem.

Marlon do Nascimento Silva - nota (6.5) Nota que Marlon do Nascimento Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
A educação é direito de todos. A Educação Especial é fundamental para o desenvolvimento de algumas crianças.

Luzia de Cassia Vieira - nota (10) Nota que Luzia de Cassia Vieira obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Assistir a palestra, achei excelente a fala da palestrante. Essa palestra que fala sobre as pessoas com deficiência e dos seus direitos, além de me ajudar com minhas horas curriculares acabaram me ajudando também em meu trabalho acadêmico me dando mais clareza e compreensão.

RICARDO DA CUNHA OLIVEIRA - nota (10) Nota que RICARDO DA CUNHA OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Excepcional a palestra da Procuradora, de grandíssima valia e muito esclarecedora.

maria aparecida da silva braga - nota (7.5) Nota que maria aparecida da silva braga obteve na avaliação do estudo. - comenta:
o direitos da educação inclusiva é para todos nada mas justo e já deveria ter esta lei a mas tempo

Jaqueline de Oliveira Estevam - nota (10) Nota que Jaqueline de Oliveira Estevam obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Pensando na escola pública considero que o processo de inclusão no Brasil ainda está em fase inicial. Existe muito preconceito e muita discriminação, tanto dos alunos como dos professores em relação às crianças com necessidades especiais. A inclusão escolar deve promover a integração entre os alunos, o aluno com necessidades especiais tem de se sentir integrado ao contexto escolar e não excluído. Para que o processo de inclusão escolar seja efetivo no Brasil é preciso que os professores sejam devidamente incluídos também, pois não é fácil trabalhar com uma criança com necessidades especiais sem ter conhecimento pelo menos básico sobre a necessidade da criança, que é o que mais ocorre hoje na rede pública de ensino. O poder público precisa entender antes de mais nada que "incluir" não é simplesmente disponibilizar a vaga, a inclusão vai muito além disso, e está muito aquém de atender às demandas implicadas no referido processo. Quanto às adaptações curriculares acredito tratar-se de medidas necessárias para promover a democratização no ambiente escolar. Nesse contexto, objetivam promover maior eficácia educativa, na perspectiva da escola para todos. Outro ponto importante, é que a falta de motivação por parte dos alunos pode ocorrer por causa da não satisfação de necessidades que antecedem a necessidade de conhecimento, como falta de alimentação, de descanso, de afeto, por diversos problemas que os alunos vivem em seu núcleo familiar. Contudo, o dinamismo do professor e seu bom relacionamento com o aluno podem minimizar o problema e fazer com que o aluno se sinta bem na escola e comece a ter interesse pela aprendizagem. O professor deve se tornar um agente de mudanças sociais e motivar seus alunos na aventura do conhecimento.

Myrla Batista Leite - nota (8.5) Nota que Myrla Batista Leite obteve na avaliação do estudo. - comenta:
A deficiência física é uma característica da pessoa e é preciso ser tratado com respeito e inclusão, não limintando está pessoa.

Alessandra Zanoni Carvalho - nota (8.5) Nota que Alessandra Zanoni Carvalho obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Muito bom faz a gente pensar. Será que realmente sabemos lidar com essas crianças ?

Zirley Concebida Valeriano - nota (10) Nota que Zirley Concebida Valeriano obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Como professora da Rede Pública de Ensino, ainda acho que para atender adequadamente seus alunos, inclusive os com deficiências, condutas típicas e altas habilidades, atendendo o principio constitucional de obrigatoriedade de atendimento educacional a todos, o sistema necessita rever ou implementar alguns tópicos que se faz necessário. É obvio que o acesso de TODAS as crianças no sistema comum de ensino, constitui uma possibilidade de uma trajetória educacional mais favorável de aprendizagem, na medida em que ela pode partilhar de um ambiente comum, conhecer e experimentar situações de aprendizagem mais ricas. Porém para realizar um ensino inclusivo eficiente, é indispensável recursos e serviços diferentes dos oferecidos na educação comum, como também outros atendimentos especializados se fazem necessários: atendimento a saúde, psicológico, psicopedagogas, a promoção de assistência social, trabalho e justiça. Para que as escolas possam oferecer um atendimento adequado aos alunos e serem coerentes com a política de inclusão, pois, sozinha ela a escola tem se mostrado insuficiente para operar a questão com tamanha complexidade.

Audicleia Pereira Moreira - nota (8.5) Nota que Audicleia Pereira Moreira obteve na avaliação do estudo. - comenta:
direitos esses que devem ser respeitados por todos , nao somente por obrigaçao mas por amor ao proximo.

Rafaela Rocha Braga - nota (10) Nota que Rafaela Rocha Braga obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Vídeo muito importante para o esclarecimento de dúvidas e para a eliminação de preconceitos para com estas pessoas.

Eliene Rodrigues Gomes Araujo - nota (7.5) Nota que Eliene Rodrigues Gomes Araujo obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Amei pois aposto neste tema fica fácil lidar com a questão quando convivemos com a mesma.

SUZANA RODILHA DOS SANTOS - nota (6) Nota que SUZANA RODILHA DOS SANTOS obteve na avaliação do estudo. - comenta:
uma educação eficaz que garanta bons resultados é aquela que uni a educação regular com a inclusiva.é um direito que está na constituição e devemos garantir,os pais são quem podem decidir a qual seu filho se adapta e que se sente confortável.são direitos assegurados e que devem ser cumpridos.

Fabíola Silvano Maraschin - nota (8.5) Nota que Fabíola Silvano Maraschin obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Ótima palestra. Deixou bem claro os direitos dos deficientes e a palestrante falou sobre o assunto com base na experiência de ter um filho com Síndrome de Down.

MARIA ELIZANE RIBEIRO DA SILVA - nota (8.5) Nota que MARIA ELIZANE RIBEIRO DA SILVA obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Os profissionais de educação tem um desafio imenso, mas lindo e desafiador que é receber pessoas que tem diversas deficiências/ limitações, mas que precisam ser educadas e ser tratadas com igualdade. A escola precisa ser acolhedora e lá e interessante que retrate a vida como ela é, fora dela tem várias pessoas com deficiências diversas,também na escola, com isso as outras crianças também vão diminuir os preconceitos pois vão conviver e ver que eles são inteligentes e também podem aprender, mesmo com suas limitações.

Maria José da Conceição Santos - nota (10) Nota que Maria José da Conceição Santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Mesmo com tantas leis que guarde o direito dos deficientes, ainda vemos serem esquecidos.

JOANA D'ARC DUTRA DE OLIVEIRA - nota (8.5) Nota que JOANA D'ARC DUTRA DE OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - comenta:
UMA EDUCAÇÃO INCLUSIVA , ONDE TODOS TENHAM ACESSO A EDUCAÇÃO .

Maria Aniele Alves Martins - nota (10) Nota que Maria Aniele Alves Martins obteve na avaliação do estudo. - comenta:
A inclusão de crianças com especialidades é muito importante para todo seu desenvolvimento social e educacional.

Jéssica Rodriguês da Silva - nota (10) Nota que Jéssica Rodriguês da Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Gostei muito desse curso, pois ele ilustre bem os direitos das pessoas que tem deficiência e principalmente enfatiza que todos tem direito a educação e que o pai que deixa um filho com deficiência em casa e o priva do direito de frequentar uma escola de preferencia no ensino regular pode ter seu ato caracterizado como abandono intelectual e isso é algo muito grave.

Luciana Diniz Sepini Junqueira - nota (7.5) Nota que Luciana Diniz Sepini Junqueira obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Fica como tarefa para os governos agora assumirem o seu papel executivo e compartilhar com a sociedade as decisões. São vários os temas que dependerão da regulamentação por lei, como o regime de colaboração entre os entes federados, o funcionamento dos conselhos, além de todas as outras questões específicas de outros temas e eixos. No longo prazo a experiência irá aperfeiçoando os caminhos. O importante é ter a sabedoria de aceitar o inacabado, ter a perspectiva do processo instituíste, alimentar o sonho. E acreditar num futuro com um sistema de Educação melhor para todos.

Samuel Heinrichs - nota (8.5) Nota que Samuel Heinrichs obteve na avaliação do estudo. - comenta:
A Educação inclusiva abrange a Educação especial dentro da escola regular e modifica a escola em um ambiente para todos. Ela beneficia a desigualdade no conceito em que analisa que todos os alunos podem ter precisões particulares em uma determinada ocasião de sua existência escolar. No entanto, há necessidades que intervêm de caráter significativo no método de aprendizagem e que determinam uma maneira educacional particular da escola como, modelo, o uso de recursos e contribuição especializados para afiançar a aprendizagem de todos os educando. O Ensino é um direito de todos e deve ser encaminhada no sentido do pleno adiantamento e do fortalecimento da individualidade. As considerações aos direitos e liberdades humanas primeiras passam para a edificação da cidadania, necessitando ser estimulado.

patrícia balbina rosa - nota (4) Nota que patrícia balbina rosa obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O direito de cada cidadão depende de todos nós enquanto existir pessoas desatualizadas,o deficiente terá dificuldade para se incluir na sociedade.

DIONISETE OLIVEIRA SANTOS - nota (7.5) Nota que DIONISETE OLIVEIRA SANTOS obteve na avaliação do estudo. - comenta:
A educação inclusiva é o assunto mais discutido no momento e será por muito tempo pois, as autoridades não agem em conformidade com as leis deixando a desejar as instituições que recebem esses alunos.

Alessandra Bariviera Buyno Genero - nota (7.5) Nota que Alessandra Bariviera Buyno Genero obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O vídeo é interessante principalmente pelo fato de termos uma mãe de uma criança com deficiência, com uma formação que conhecia os direitos e que pode ajudar no processo de inclusão.

raquelene ferreira da silva - nota (10) Nota que raquelene ferreira da silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Todos as pessoas deveriam receber o mesmo tratamento na sociedade pois todos nos somos iguais perante a lei e também a Deus.

Jáisse Mendes Souza Cunha - nota (7.5) Nota que Jáisse Mendes Souza Cunha obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Todas as pessoas tem direito a educação e ao trabalho, e esse direito não pode ser negado a nenhum sujeito mesmo ele tendo algum tipo de deficiência.

Jáisse Mendes Souza Cunha - nota (7.5) Nota que Jáisse Mendes Souza Cunha obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Todas as pessoas tem direito a educação e ao trabalho, e esse direito não pode ser negado a nenhum sujeito mesmo ele tendo algum tipo de deficiência.

Indianara Veloso Siqueira Macedo - nota (10) Nota que Indianara Veloso Siqueira Macedo obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Bom a inclusão deve ser feita para ajudar alunos que não tem a mesma habilidade que os outros

Andresia da Silva Santos - nota (10) Nota que Andresia da Silva Santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Educação inclusiva e outros direitos da pessoas com deficiência, ´todo as as escola deveria ter o apoio necessário para receber as pessoa com necessidades especiais, com adaptações entre outros.

Processing your request, Please wait....