Estratégias Pedagógicas Inclusivas para Alunos com TGD


  • Palestra
  • Responda as Questões
  • Registro de Alunos [25]
O vídeo apresenta estratégias pedagógicas inclusivas para os alunos que possuem TGC.






Como lhe dar com TGD na escola?


Ajudar o aluno a incorporar regras de convívio social.
Deixando o aluno fazer sempre aquilo que ele quer.
Estabelecer rotinas em grupos.
Apresentar a rotina ou as atividades do currículo visualmente em nada ajuda no processo de aprendizagem desses alunos


Quando falamos do aluno com TGD, lembramos que a sociedade possui:


Esteriótipo – mostrará as generalizações que as pessoas fazem sobre comportamentos ou características de outros.
Estigmas – mostrará como irá a sociedade irá inserir ou excluir este aluno.
Preconceitos – que iram determinar as relações.
Atitudes - que podem favorecer ou prejudicar o processo de inclusão.


O significa a sigla TGD?


Transtornos Globais do deficiente.
Traumas Gerais no Desenvolvimento.
Transtornos Globais do desenvolvimento.
Transtornos Gerais do desenvolvimento.


Assinale algumas características, que define o TGD - Transtornos Globais do Desenvolvimento


Apresenta diversos interesses em diversas atividade.
Severas anormalidades nas interações sociais.
Manifesta-se na vida adulta.
Padrões de comunicação estereotipadas e repetitivas.


Alunos que apresentam um quadro de alterações neuropsicomotor, comprometimento das relações sociais, na comunicação ou estereotipias motoras, incluem-se os alunos com:


Autismo clássico.
Síndrome de Rett.
Síndrome de Down.
Síndrome de Asperger.



Declaro que EU assisti ao vídeo: Estratégias Pedagógicas Inclusivas para Alunos com Transtornos Globais do Desenvolvimento - TGD e respondi as questões solicitadas.
  • Data Inicial : 12/9/2016 13:30:27 UTC 2016
  • Ip do Computador : 23.23.50.247




  • Logs de acesso, com hora precisa de início e fim.
  • Movimentações no site
  • Todas tentativas de envio das questões para pontuar e receber o certificado.
  • IP, Tempo ativo etc...



Jocilene Menezes dos santos - nota (7) Nota que Jocilene Menezes dos santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
Toda estratégia pedagógicas é bem vinda não só para os alunos com TGD,mas para os demais alunos ,pois precisamos de regras para um bom ensino,e estas estrategias ajudam cada aluno para que este se sinta integrado ao meio escolar e possa desenvolver plenamente.

Jéssica Rodriguês da Silva - nota (9.5) Nota que Jéssica Rodriguês da Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
O professor de um aluno com TGD deve elaborar suas estratégias pedagógicas com base na observação que este deve desenvolver a respeito das especificidades e peculiaridades desse aluno, com o objetivo de levá-lo a progredir. Para que esse aluno possa vir a aprender melhor se faz necessário que a sala de aula não fique em um local muito movimento ou com muito barulho para que ele não se disperse ou altere seu comportamento, é preciso ter pessoas preparadas para lidar com as suas especificidades,a ajuda dos colegas de turma também pode ajudar o aluno à progredir, dentre outras coisas.

PATRICIA COELHO DA SILVA - nota (8) Nota que PATRICIA COELHO DA SILVA obteve na avaliação do estudo. - resume:
OS TRANSTORNOS GLOBAIS DO DESENVOLVIMENTO, SAO DISTURBIOS NAS INTERAÇOES SOCIAIS, CARACTERIZAM SE PELOS PADROES DE COMUNICAÇAO ESTERIOTIPADOS E REPETITIVOS . O TGD ENGLOBA OS DIFERENTES TRANSTORNOS DO ASPECTO AUTISTA, SIMDROME DE ASPERGE. OS TRANSTORNO GLOBAIS DESENVOLVIMENTO TAMBEM CAUSA VARIAÇOES NA ATENÇAO , NA CONCENTRAÇAO , NA COORDENAÇÃO MOTORA. MUDANÇAS DE HUMOR SEM CAUSA APARENTE E ACESSOS DE AGRESSIVIDADES SAO COMUNS EM ALGUNS CASOS. NA ESCOLA MESMO COM TEMPOS DIFERENTES DE APRENDIZAGEM, ESSES ALUNOS DEVEM SER INCLUIDOS EM CLASSESCOM OS PARES DAS MESMA FAIXA ETARIA. ESTABELECER ROTINAS EM GRUPO E AJUDAR O ALUNO A INCORPORAR REGRAS DE CONVIVIO SOCIAIS SAO ATITUDES DE EXTREMA IMPORTANCIA PARA GARANTIR O DESENVOLVIMENTO NA ESCOLA. OS ALUNOS COM ESTE TIPO DE TRANTORNO PROCURAM PESSOAS QUE SIRVAM COMO PORTO SEGURO E ENCONTRAR ESSAS PESSOAS NA ESCOLA E FUNDAMENTAL PARA O DESENVOLVIMENTO.

Simoneide Bandeira da Silva - nota (9.5) Nota que Simoneide Bandeira da Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
A busca por medidas pedagógicas para possibilitar a permanência desse aluno nas salas de aulas com atendimento às suas necessidades é um anseio dos professores, porém, sabe-se que não existem receitas prontas de como agir com as dificuldades desses alunos, pois independente do diagnóstico cada indivíduo possui condições sócio ambientais, intelectuais, acadêmicas diferenciadas. Assim, é necessário desenvolver um repertório de intervenções para atuar eficientemente no ambiente da sala de aula com a criança portadora de TDAH. SANTOS, 2007 . Segundo Bromberg 2005, p. 11 “O controle do comportamento é uma intervenção importante para crianças com TDAH. [...] As estratégias incluem o uso do reforço positivo e o ensino de habilidade para resolução de problemas e melhor comunicação”. Na sala de aula alguns arranjos podem contribuir significativamente para a concentração e atenção dos alunos como colocá-los sentados nas primeiras carteiras evitando que se sentem perto de janelas ou portas; Elaborar uma rotina clara e previsível; Manter sempre um contato visual ao fazer uma orientação; Repetir ordens se necessário; Permitir que o aluno levante-se algumas vezes para buscar materiais, apagar quadro, recolher trabalhos e quando estiver muito agitado, buscar sair com o aluno da sala, se possível, para que ela recupere o auto-controle; Oferecer reforços positivos; Não provocar constrangimento e humilhação ao aluno; Favorecer o trabalho em grupos pequenos para motivar a socialização; Adaptar as expectativas de acordo com as limitações do aluno e uma das dicas mais importantes é a comunicação entre pais e escola KAIPPERT et.al, 2007

Andresia da Silva Santos - nota (8) Nota que Andresia da Silva Santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
Estratégia Pedagógica inclusiva para alunos com TDG, manifesta se antes dos três anos de idade, e são caracterizadas, por alterações , como relação e interação social, comunicação, e certos comportamento repetitivos.



Diana Aparecida Mendes Tostes - nota (7.5) Nota que Diana Aparecida Mendes Tostes obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O curso me acrescentou muito pois pude sanar dúvidas frequentes em relação ao TGD bem como suas manifestações e diagnóstico.

Stefani Rafaela Rodrigues - nota (10) Nota que Stefani Rafaela Rodrigues obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Esse vídeo me fez rever alguns conceitos me levando a compreendê-los melhor, com isso mais uma vez me peguei refletindo sobre a importância da formação continuada, visto que cada dia mais e mais se desenvolvem métodos e conceitos que contribuem na educação de modo geral e em especial na educação de crianças portadoras de algum transtorno. Por isso sugiro que os profissionais da educação esteja sempre buscando capacitação proporcionando uma maior qualidade no ensino, o que contribuirá não só na vida dos alunos como também do próprio profissional que terá sempre a oportunidade de acrescentar seus conhecimentos e aprendizagens.

DANIELE DE FRANÇA LEITE - nota (9) Nota que DANIELE DE FRANÇA LEITE obteve na avaliação do estudo. - comenta:
MUITO BEM DESENVOLVIDO! RECOMENDO DEMAIS PARA QUEM PRECISA DE HORAS COMPLEMENTARES.

Maria Marcelina Machado - nota (9.3) Nota que Maria Marcelina Machado obteve na avaliação do estudo. - comenta:
eu como professora da Apae de araxá ,minas gerais estou aprendendo muito com os cursos, as palestras são muito bem informativas e esclarecedoras, portanto é muito relevante que todos nós profissionais e família busquemos estar mais preparados para atender as diversidades para que as crianças superem as dificuldades e assim fiquem realmente em ambientes inclusivos.

Jocilene Menezes dos santos - nota (7) Nota que Jocilene Menezes dos santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
um vídeo esclarecedor para futuros educadores ,pois relata algumas formas para a inclusão de alunos com TGD

Lindalva dos Santos Gomes - nota (9.5) Nota que Lindalva dos Santos Gomes obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O lúdico bem trabalhado na escola, interagindo no seu cotidiano de maneira espontânea, livre sem ser imposta torna a aprendizagem mais fácil, dando a oportunidade do educador de realizar seu trabalho pedagógico e definir novas propostas de trabalho.

Katiane Cherlin Silva - nota (8) Nota que Katiane Cherlin Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
As crianças com TGD devem ser tratadas por um bom especialista.

Elisabete Cavalcante Coelho - nota (7.5) Nota que Elisabete Cavalcante Coelho obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O conteúdo apresentado foi muito rico, as formas e meios apresentados de tudo o que pode ser feito para tratar e ensinar uma criança com TGD nos mostras o amplo leque de opções e que tudo também conta com interesse e esforços do estados e dos educadores, e que juntos podemos dar uma vida com qualidade e que não só podemos mas devemos trata-los de forma igual.

Marlon do Nascimento Silva - nota (7.5) Nota que Marlon do Nascimento Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Conheço uma pessoa que possui TGD, mais específico, a síndrome de Asperger. Ele se desenvolve super bem, ou seja, existe a possibilidade de desenvolvimento.

LIDIANE MORAIS DE FRANÇA - nota (10) Nota que LIDIANE MORAIS DE FRANÇA obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Muito bom este curso, as palestrantes excelentes, demonstram que amam o que fazem, com suas informações compreendi melhor as crianças com TGD .

Fabíola Silvano Maraschin - nota (9.5) Nota que Fabíola Silvano Maraschin obteve na avaliação do estudo. - comenta:
É muito importante com estratégias pedagógicas tentar ajudar os alunos TGD a se comunicarem seja de qualquer forma que o educador achar melhor e o aluno se adaptar.

sandra denise pereira - nota (7) Nota que sandra denise pereira obteve na avaliação do estudo. - comenta:
o video é bom, mas se tivesse imagens de situações em sala de aula e convivio com outras crianças poderia enriquecer o video. .

Ester Duarte do Nascimento - nota (6.3) Nota que Ester Duarte do Nascimento obteve na avaliação do estudo. - comenta:
É de grande importância o papel do professor, pois ele sem dúvida é o mediador entre o aluno-TGD e os demais, salientando que o desenvolvimento dessa criança também é comprometedor em casos de professores que conseguem lidar com essas situações em suas salas, ocasionando muitas vezes um bloqueio ou estancamento no nível de desenvolvimento desse aluno. Portanto o vídeo veio a me mostrar a tamanha responsabilidade que o educador contém em suas mãos, e que para o objetivo ser alcançado é necessariamente que ele esteja preparado para receber uma criança desse nível, tornando indiscutível a questão da formação profissional do educador.

Jéssica Rodriguês da Silva - nota (9.5) Nota que Jéssica Rodriguês da Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Os alunos com Transtornos Globais do Desenvolvimento são crianças que têm algumas especificidades como por exemplo na área da linguagem, pois em alguns casos eles podem apresentar uma linguagem não funcional e podem não conseguir se expressar, então cabe ao professor juntamente com outros profissionais especializados traçar metas e estratégias para levar esse aluno a aprender e a progredir.

edilson lopes - nota (7.5) Nota que edilson lopes obteve na avaliação do estudo. - comenta:
percebi pela palestra que família é base professor sera mediador desse conhecimento só que ai vem as variante uma família desestruturada e não aceita a síndrome nosso professor teremos que agir com maior habilidade possível para educar essa criança .

Vanessa Severina de Oliveira Rocha - nota (10) Nota que Vanessa Severina de Oliveira Rocha obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Eu gostei muito da palestra sobre estrategias pedagógicas inclusivas para alunos com Transtorno Global do Desenvolvimento,esclareceu muitas duvidas que eu tinha,achei muito proveitosa.Muito obrigado aos organizadores e palestrantes.Essas questões são a cada dia mais frequentes no dia-a-dia do professor,gostaria de mais esclarecimentos sobre o assunto.

FRANCIRRÉGIDA CAMPOS DE OLIVEIRA - nota (10) Nota que FRANCIRRÉGIDA CAMPOS DE OLIVEIRA obteve na avaliação do estudo. - comenta:
O assunto proposto, foi de grande contribuição para minha didática pedagógica. Aprendi que as estrategias usadas na sala para contribuir para o aprendizado do aluno, deve ser direcionada a todos os alunos; tendo ou não deficiências.

Odair Geraldo Elger - nota (10) Nota que Odair Geraldo Elger obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Tudo deve se ter uma base e o que pode gerar o sucesso de educação inclusiva são as estrategias inclusivas dentro dos ,mais diversos tipos de transtornos globais.

Ericka de Almeida Costa - nota (11.6) Nota que Ericka de Almeida Costa obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Vídeo bastante instrutivo que nos fazer conhecer um pouco mais sobre as características dos educandos com Transtornos Globais de desenvolvimento, como a sociedade os vê e nos auxilia com estratégias para que a inclusão seja realmente efetivada, sendo baseada no PPP.

Andresia da Silva Santos - nota (8) Nota que Andresia da Silva Santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
TDG, se manifesta muito cedo na infância, antes dos três anos de idade, por isso que logo percebido, buscar ajuda planejada.

Processing your request, Please wait....