Para Onde Vai o Jornalismo?


  • Palestra
  • Responda as Questões
  • Registro de Alunos [0]
Debate sobre as novas diretrizes para os cursos de Jornalismo brasileiros e uma discussão sobre as transformações da prática jornalística.






O quê precisa ter um curso de Jornalismo pós-industrial, de acordo com Eugênio Bucci?


Linguagem Audiovisual, Gramática, Matemática e Língua Portuguesa; Humanidades como Direito, Ética, História e Cultura; Ciências da Comunicação e prática dentro de uma redação.
Engenharia, Administração e Direito.
Linguagem Audiovisual, Gramática e Língua Portuguesa; Humanidades como Direito, Ética, História e Cultura; Ciências exatas como Matemática, Estatística, Contabilidade e Engenharia.
Psicologia, Filosofia e Sociologia.


Conforme Afonso Albuquerque, qual a origem do conceito do curso de Comunicação Social/Jornalismo e com qual propósito?


A origem do conceito provém do período do Segundo Reinado, que tinha como propósito congregar os cidadãos provenientes da Europa que chegavam para colonizar o Brasil.
A origem do conceito provém do período do Primeiro Reinado, que tinha como propósito civilizar os índios.
A origem do conceito provém do Regime Militar, que tinha como propósito controlar as pessoas que estavam nas redações.
A origem do conceito provém do Independência do Brasil, que tinha como propósito libertar as pessoas que estavam nas redações.


De acordo com Leonardo Sakamoto, é correto afirmar que o estágio obrigatório em Jornalismo:


Privilegia os estudantes, os empregadores e o cidadão, que têm a oportunidade de contar com uma pessoa com uma visão ainda em formação sobre a sociedade.
Privilegia o cidadão, que tem a possibilidade de captar informação de pessoas com poucos vícios de profissão.
Privilegia mais as empresas do que os futuros trabalhadores e os trabalhadores atuais. Porém, o estágio pode ser bom quando o estudante trabalha na faculdade.
Privilegia os estudantes e dá trabalho aos empregadores, que têm que treiná-los.


De acordo com Eugênio Bucci, para quê a Democracia precisa de uma Imprensa livre?


Para que os jornalistas possam divulgar informações pro-empresas com mais qualidade.
Para que os jornalistas possam divulgar informações pro-governo com mais qualidade.
Para que o povo possa se assumir como chefe de seus funcionários que, na sociedade moderna, ainda recebem o nome de "governo".
Se o Jornalismo é um serviço público é porque ele constitui um campo independente de observação da realidade humana, que não tem parte com o poder idealmente falando, e que pode abastecer o cidadão com um processamento de informações suficientemente críticas e distante do Estado e do poder econômico.


Segundo Eugêncio Bucci, é correto afirmar que:


Assessoria de Imprensa e Jornalismo são funções iguais.
Assessoria de Imprensa e Jornalismo não são funções e não podem ser encaradas como profissão da Comunicação, pois a comunicação é um direito de todos os cidadãos e não apenas de alguns profissionais.
Assessoria de Imprensa e Jornalismo são funções totalmente diferentes, pois o assessor está a serviço de uma empresa/cliente e o jornalista está a serviço do cidadão/sociedade.
Assessoria de Imprensa e Jornalismo são funções semelhantes, pois o assessor está a serviço de uma empresa/cliente e o jornalista está a serviço do anunciante/cliente.



Declaro que EU assisti ao vídeo: Para Onde Vai o Jornalismo? e respondi as questões solicitadas.
  • Data Inicial : 12/4/2016 1:58:17 UTC 2016
  • Ip do Computador : 54.211.82.105




  • Logs de acesso, com hora precisa de início e fim.
  • Movimentações no site
  • Todas tentativas de envio das questões para pontuar e receber o certificado.
  • IP, Tempo ativo etc...

Até o momento não há Resumo ou Recado de um aluno sobre este assunto.

Torne-se o primeiro a registrar!!!
Além de contribuir com o aprendizado de futuros alunos você também ganha um troféu em seu certificado!

Somente é possível registrar resumo ou recado após enviar as questões para avaliação.

Processing your request, Please wait....