Pensão por Morte e Auxílio Reclusão


  • Palestra
  • Responda as Questões
  • Registro de Alunos [5]
Uma abordagem acerca dos princípios constitucionais inerentes aos benefícios pensão por morte e auxílio reclusão.






Quando o indivíduo morre, é pedido a pensão por morte, quando o filho não moram com a mãe o valor pago pelo INSS é dividido pelos dependentes.


Não, somente o filho tem direito.
Somente a mãe tem direito.
Sim, no casado será dividido o valor pelos dependentes.
Sim, é dividido no caso o salario entre a mãe e o filho.


Quem tem direito a pensão por morte?


Qualquer pessoa que requeira o benefício na justiça.
Qualquer pessoa dependente.
Somente filhos menores de 21 anos ou inválidos.
Em escala de prioridade: cônjuge, filhos menores de 21 ano ou inválido; pai e mãe desde que comprovem baixa renda ou dependência; irmãos menores de 21 anos ou inválidos.


Como funciona o auxílio reclusão?


É concedida aos dependentes de acordo com a média de suas contribuições.
É dada ao preso em forma de dinheiro depois de cumprida toda a sua pena.
Um salário mínimo por filhos.
É concedido em média 2.000 mil reais para os dependentes.



Declaro que EU assisti ao vídeo: Pensão por Morte e Auxílio Reclusão e respondi as questões solicitadas.
  • Data Inicial : 12/9/2016 13:32:44 UTC 2016
  • Ip do Computador : 23.23.50.247




  • Logs de acesso, com hora precisa de início e fim.
  • Movimentações no site
  • Todas tentativas de envio das questões para pontuar e receber o certificado.
  • IP, Tempo ativo etc...



Marta Dias dos Santos - nota (6.5) Nota que Marta Dias dos Santos obteve na avaliação do estudo. - resume:
A pensão por morte é um benefício devido aos dependentes do segurado. O auxílio-reclusão é um benefício previdenciário concedido apenas aos dependentes daquele que se encontra preso, desde que comprove sua condição de segurado.

Wilker Rafael Bernardo da Silva - nota (8.5) Nota que Wilker Rafael Bernardo da Silva obteve na avaliação do estudo. - resume:
A Pensão por morte é um assunto a qual devemos ter muita enfase pois quem tem direito são os familiares, filhos, cônjuge, irmãos do falecido. já o auxilio reclusão aprendi que é um beneficio para os familiares daquele que se encontra preso.

FABIANO DA SILVA BARBOSA - nota (6.5) Nota que FABIANO DA SILVA BARBOSA obteve na avaliação do estudo. - resume:
A seguridade social abrange saúde, que é para todos e gratuita, a assistência social, para necessitados e gratuita, e a previdência social, para beneficiados contribuintes e seus dependentes e de acordo com contribuições. A previdência social a o princípio da solidariedade, onde o indivíduo tem responsabilidade pelo coletivo e o coletivo pelo indivíduo. O auxílio-reclusão e destinado para os dependentes do indivíduo recluso, se o mesmo comprovar baixa renda , para o recebimento do do beneficio o recluso deve ser segurado do regime regal da previdência social. Pensão por morte é subdividida em três classes: 1ª classe: Cônjuge, companheiro, filhos menor de 21 anos e não emancipados e equiparados. 2ª classe: pais. 3ª classe: irmão menor de 21 anos e inválidos . A os dependentes da primeira classe não há necessidade de comprovação de dependência econômica, a 2ª e 3ª classe é necessário a comprovação judicial da dependência econômica.



Marta Dias dos Santos - nota (6.5) Nota que Marta Dias dos Santos obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Tinha dúvidas sobre o auxílio reclusão, agora compreendi. Ótimas explicações.

Wilker Rafael Bernardo da Silva - nota (8.5) Nota que Wilker Rafael Bernardo da Silva obteve na avaliação do estudo. - comenta:
Pensão por morte e auxilio reclusão, são benefícios ao qual os parentes terão a receber. na pensão por morte pelo falecimento do familiar, já no auxilio reclusão na prisão/detenção do familiar.



Você também pode deixar sua marca!!!
Além de contribuir com o aprendizado de futuros alunos você também ganha um troféu em seu certificado!

Somente é possível registrar resumo ou recado após enviar as questões para avaliação.

Processing your request, Please wait....

Uma abordagem acerca dos princípios constitucionais inerentes aos benefícios pensão por morte e auxílio reclusão.